quarta-feira, 30 de novembro de 2016

PEC 55 aprovada em 1o turno no Senado



A terça-feira (29) em Brasília, foi marcada pela brutal repressão aos manifestantes, em um protesto que seguia pacifico, reunindo mais de 20.000 pessoas contrarias a aprovação da da PEC 55, que corta investimentos em áreas essenciais como a saúde e educação durante 20 anos.

O placar da votação foi de 61 senadores favoráveis e 14 contrários. Governo Temer tem pressa em aprovar a medida em segundo turno no Senado. Organizações sindicais, movimentos sociais e estudantis, prometem intensificar as ações contra a "PEC do Fim do Mundo" já a partir desta semana.

A grande imprensa segue em sua campanha de criminalização dos protestos contra a PEC, dando destaque negativo aos movimentos que foram reprimidos brutalmente em Brasília. A cobertura "jornalistica" de diversos veículos de comunicação, demonstra claro intento de deslegitimar a luta contra a PEC 55.