quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Unifesp Santos segue ocupada na luta contra a #PEC55


*Por Héric Moura

A ocupação do Campus Silva Jardim, teve inicio no dia 03 de novembro, quando os estudantes do Instituto de Saúde e Sociedade, decidiram ocupar em assembleia com votação democrática.

Ao contrario das distorções praticadas por setores da grande mídia e movimentos políticos reacionários e retrógrados, as ocupações de escolas e universidades são instrumentos legítimos e legais, fazendo parte da busca por solução de conflitos nas sociedades democráticas.



Atualmente mais de 1.000 escolas e 221 universidades seguem ocupadas na luta contra a PEC 55, que caso não seja barrada, fará um ver adeiro desmonte da saúde, educação e do serviço público como um todo. O movimento também luta nacionalmente contra a absurda e autoritária reforma do ensino médio, que o governo Temer quer impor por meio de medida provisória e que irá precarizar ainda mais as escolas públicas e pretende acabar com o pensamento crítico e humanístico nas escolas.

A luta dos estudantes é em defesa de toda a sociedade, e precisa de apoio. A propaganda contra essa juventude e as ocupações é promovida pelos setores mais reacionários e autoritários de nossa sociedade, que são a base politica do governo Temer.

Apenas os grupos empresariais e o grande capital serão beneficiados por este desmonte do serviço público, assim valem de partidos fisiológicos e retrógrados, tendo na grande mídia o grande propagador de inverdades para tentar legitimar e aprovar a PEC 55 e a reforma da previdência.

A ocupação da Unifesp Silva Jardim em Santos é exemplo de cidadania e organização, que tem adesão, inclusive, de estudantes de outros campus da Unifesp. O cotiano é bem movimentado com grande agenda de atividades e debates sobre diversos temas de interesse de nossa sociedade. 

 

Lutar contra medidas injustas é um dever de todas as pessoas que querem construir um futuro melhor. As ocupações são uma prova de que temos responsabilidades com a sociedade e que construiremos uma sociedade com justiça e igualdade e democracia de verdade.

Acesse o site e a página da ocupação:
Página Unifesp Ocupada
Site da Unifesp Mobilizada

* Héric Moura é militante do movimento estudantil, ambiental, apoiador da causa indigena e estudante de Ciências do Mar na UNIFESP Santos.