sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Deputado Raul Marcelo (PSOL) questiona governo estadual sobre o fechamento de oficinas culturais


Após reforma de R$ 10,6 mi,Cadeia Velha  poderá fechar as portas no final de dezembro


O destino da Cadeia Velha de Santos é incerto, logo após uma reforma que se iniciou em 2014 e custou mais de 10,6 milhões, ela foi reinaugurada no dia 01 de agosto deste ano, como um centro cultura, mas devido ao fechamento das oficinas culturais por parte do governo estadual, não se sabe como ficará em 2017, tendo grande risco do prédio ficar ocioso.

O fechamento de oficinas não afeta apenas Santos, mas o interior também, neste contexto, o deputado estadual Raul Marcelo (PSOL) protocolou, nessa semana, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), um requerimento questionando o governo estadual sobre os motivos do fechamento, a partir de 1º de janeiro de 2017, de oficinas culturais.

Para Raul Marcelo, as oficinas culturais têm o papel estratégico de ser um espaço de formação cultural. “O fechamento dessas unidades terá um prejuízo irreparável em termos de pleno acesso à cultura, uma vez que a instituição é um efervescente polo de formação cultural, sendo um espaço que testemunhou grande parte da vivência cultural”, afirma o deputado estadual pelo PSOL.

Além do fechamento das oficinas culturais no interior paulista, Raul Marcelo também teve o conhecimento que o contrato do governo estadual com o Poiesis (Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura), organização social responsável pela gestão das oficinas no Estado de São Paulo, havia sido rescindido. As unidades localizadas no interior paulista ficam nos municípios de Iguape, Limeira, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

Raul Marcelo fez os seguintes questionamentos ao secretário de Estado da Cultura, José Roberto Sadek: “Quais são os motivos para o fechamento das oficinas culturais situadas no interior paulista?”; “A decisão de desativar as oficinas culturais foi precedida por audiências públicas e/ou consultas aos setores da sociedade civil que tradicionalmente atuam na área cultural? Se a resposta for positiva, favor indicar detalhadamente os instrumentos de participação popular que foram utilizados para lastrear essa decisão, informando inclusive as datas e locais desses eventos”; “Quantas unidades serão desativadas e onde cada uma está localizada?”; e Por que foi rescindido o contrato administrativo com o Poiesis?