terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Incêndio em comunidade deixa centenas de desabrigados na cidade de Santos/SP

Foto de Edmilson Costa/Tribuna

Um incêndio de grandes proporções, que se inciou as 21 horas da terça feira, 03/01, atingiu uma área de 5.000 m², destruindo por volta de duzentas moradias na comunidade "Caminho São Sebastião", localizada na Zona Noroeste de Santos/SP.

De acordo com informações divulgadas pelo Corpo de Bombeiros, além da destruição, sete pessoas foram atendidas no PS da Zona Noroeste, dentre elas vitimas de choques elétricos, crises nervosas e queimaduras. Até o momento não há informação sobre as causas do incêndio.

Moradores desta comunidade perderam praticamente tudo que tinham, precisam de muito apoio, solidariedade e doações. O "Caminho de São Sebastião" é apenas uma das áreas negligenciadas pelo poder público na cidade, que não possui projetos de urbanização e desenvolvimento social destas comunidades, forçadas a existir de forma precária e sujeitas a situações com o terrível incêndio desta terça-feira.

Pessoas que perderam suas moradias, reclamaram também que políticos só aparecem em época de eleições para pedir o voto, mas quando os moradores demandam melhorias e ajuda para a comunidade, o poder público vira as costas.

São centenas de desabrigados que além das doações emergenciais, necessitam de políticas públicas para garantir o direito à moradia.

Foto: Solange Freitas/Tribuna
                                                                    Doações

A Associação Cultural Jose Marti, o Fundo Social de Solidariedade de Santos (FSSS), a Associação de Moradores Pro-Melhoramentos do Jardim Castelo, entre outros locais, estão recebendo doações para as vítimas do incêndio. As famílias necessitam de alimentos, itens de higiene pessoal (pasta, escova dental, shampoo, absorventes), fraldas infantis e de adulto, toalhas, roupas de cama e colchões, roupas e sapatos, inclusive infantis, água potável e leite.

As doações para a Associação Jose Marti podem ser feitas das 14 às 19 horas até sexta-feira 06/01 na rua Joaquim Távora, 217. Para o FSSS durante todos os dias, durante 24h, na sede do Fundo Social, que fica na Av. Conselheiro Nébias, 388. Outros postos também foram disponibilizados no Aquário (Praça Luiz La Scala s/nº) e no Orquidário (Praça Washington s/nº, José Menino). Quem quiser doar, mas não tem condições de entregar na sede do Fundo, basta ligar no 3222-8050 para agendar a retirada em domicílio.