quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Caraguatatuba: Moradores do Perequê-Mirim e Pegorelli denunciam enchente provocada por obra da Queiroz Galvão


A área em vermelho é o gigantesco depósito da Queiroz Galvão, em preto esta o canal que foi aterrado. Já a imensa área roxa destaca onde ficou alagado

As fortes chuvas de ontem, 14/02, trouxeram prejuízos incalculáveis aos moradores do bairro Perequê-Mirim. A chuva não é o principal fator deste alagamento em Caraguatatuba, conforme os moradores do bairro denunciam. Eles destacam que um deposito de materiais, retirados durante as obras da empreiteira Queiróz Galvão na duplicação da rodovia Nova Tamoios, é o principal responsável pelos prejuízos.

No bairro há uma gigantesca área, utilizada pela empreiteira como deposito de pedras, afetando todo equilíbrio ambiental. Não bastasse isso, conforme denunciam, a prefeitura que age com total descaso, autorizou em administração anterior, que um canal que corta o bairro fosse aterrado para garantir a instalação do depósito da empreiteira.

De acordo com Eduardo Rochael, morador e liderança comunitária do bairro, a atual “administração não vem dando assistência e não fiscaliza a área, deveria cobrar providencias da empreiteira é responsável, pelo prejudicial deposito na região, um absurdo que não podemos tolerar, exigimos respeito!”.

Prejuízos e riscos à saúde da população


A comunidade local vive uma situação de horror, a cada chuva. Com noites mal dormidas e grande apreensão ao sinal de nuvens de chuva no céu.

Vários trabalhadores e trabalhadoras, perderam o que levaram anos para conquistar com árduo trabalho e seguem com grande revolta perante o descaso da prefeitura que protege os interesses da empreiteira Queiroz Galvão, responsável pelo depósito que segundo a comunidade, esta acarretando os alagamentos.

Ainda de acordo com Eduardo: “perguntamos até onde uma obra que beneficia principalmente o escoamento de produtos portuários em São Sebastião, turistas e veranistas, pode impactar de maneira cruel a tranquilidade de moradores deste bairro e se esse prejuízo será arcado pela empreiteira ou será por nós lembrado nas próximas eleições não votando nos políticos que preferem o descaso junto à comunidade”.

Bairro Pegorelli também é afetado por alagamentos em virtude do deposito da Queiroz Galvão


Moradores do bairro denunciam descaso da prefeitura após as chuvas, no vídeo abaixo. Assista